A reforma do Museu Histórico de Palmeira está em reta final. Durante a visita ao prédio, o secretário de Cultura, Turismo, Patrimônio Histórico e Relações Públicas Waldir Joanassi, ressaltou a importância do Museu de Palmeira e comentou sobre as próximas etapas de finalização da reforma. “Logo começamos a fase interna, em que temos que remontar toda a exposição, refazer o mobiliário, porque alguma coisa estava estragada. Enfim, repensar uma nova expografia aqui para dentro, para que o visitante também possa vir e conhecer o museu sob outra perspectiva porque não adianta fazermos uma grande reforma e simplesmente realocar os objetos da maneira que já estava”, explicou o secretário.

As obras de reforma tiveram início em julho de 2017, com recurso de R$ 300 mil reais de emenda parlamentar repassada pelo Deputado Federal Aliel Machado (REDE) e R$ 23 mil reais da Secretaria de Cultura de Palmeira.

Em 1970 o prédio foi tombado pelo Estado do Paraná, por isso houve o cuidado em preservar o estado do imóvel como explicou o secretário durante a visita.  Entre as mudanças no museu estão a inclusão de rampas de acessibilidade, iluminação externas, limpeza e revisão das telhas da época, pintura do prédio e substituição de grande parte das janelas. Além disso, os visitantes poderão visitar espaços que antes não eram visíveis para o público, como a senzala do Solar.

Ao falar sobre a conclusão das obras de reforma,Waldir garantiu que o público ficará satisfeito com o resultado. ” Eles vão conhecer um museu que antes não era visto pela população. Os museus de todo mundo guardam grandes tesouros e o museu de Palmeira guarda os tesouros da nossa terra”.

Informações da Secretaria do Estado da Cultura – Coordenação de Patrimônio Cultural indicam que a data exata da construção do prédio que abriga o museu é desconhecida. Porém estima-se que o espaço também conhecido como Solar Jesuíno Marcondes seja de meados do século XIX.

Fotos: Daymon Grocheviski