Centenas de servidores da saúde, representantes de associações, de instituições públicas, de entidades de classe e da sociedade civil, participaram da 12ª Conferência Municipal de Saúde de Palmeira, realizada na tarde da última quinta-feira (27), no Salão Paroquial. A etapa municipal foi preparatória para a 16ª Conferência Nacional, cujo tema será “Democracia e Saúde:Saúde como Direito e Consolidação e Financiamento do SUS”.

Os presentes puderam avaliar a situação de saúde no Município e discutir formas de subsidiar a formulação da política de saúde no âmbito de Palmeira, além de formularem propostas no âmbito Municipal, Estadual e Federal, que são discutidos nas respectivas conferências.

Quem conduziu a Conferência Municipal foi Isaias Cantoia Luiz, diretor da 3ª Regional de Saúde. Ele destacou que a importância das discussões realizadas durante o evento. “Através de ações como estas é que podemos ter um sistema de saúde que garanta a todos nós o direito a saúde de forma integrada. Esse é o espirito que temos que trazer para as conferências, para consolidar o Sistema Único de Saúde (SUS), que, embora tenha dificuldades, é o melhor sistema de saúde que a sociedade brasileira já teve”, disse.

Os participantes realizaram oficinas de debates durante o evento, tendo como sub-temas:Saúde como direito, Gestão e organização dos serviços de saúde, Financiamento da saúde e Controle social na saúde.

Durante a Conferência também foi realizada a eleição dos representantes para compor o Conselho Municipal de Saúde, que terá resultado divulgado na segunda-feira (1º), e Assembleia para escolha de Delegados da 12ª Conferência Estadual de Saúde. Também foram aprovadas as propostas aprovadas que constituirão as diretrizes para a formulação da Política de Saúde no Município de Palmeira, contribuindo para a atualização do Plano Municipal de Saúde e para a 12ª Conferência Estadual de Saúde.

O prefeito Edir Havrechaki foi o responsável por realizar a abertura do evento e aproveitou a oportunidade para destacar o momento vivido pela Saúde em Palmeira. “Recentemente vi o plano de governo que apresentei nas eleições municipais de 2012 e uma das coisas que me chamaram a atenção foi o item de ‘descentralização do atendimento’. Para cumprir este compromisso que assumi com os palmeirenses, tratamos saúde como prioridade e investimos bastante em infraestrutura e contratação de profissionais. Partimos de uma cobertura de 35%realizada pelas equipes de saúde da família, chegando a quase 100%na atualidade. Coloquei em minha cabeça que o SUS tem que ser o melhor plano de saúde de Palmeira e estamos colocando isso em prática para chegarmos lá”, contou o prefeito.

Já a secretária municipal de Saúde, Fabiani Bach Czelusniak, enfatizou que a Conferência Municipal de Saúde significa o compromisso do gestor público com as mudanças no sistema de saúde. “Este evento é um momento importante onde o gestor mobiliza e estabelece diálogos com a sociedade civil organizada e a população acerca do direito à saúde e em defesa do SUS, além de analisar as prioridades locais de saúde. Através das discussões das conferências é que teremos uma saúde mais fortalecida e melhor para todos”, finalizou.

Fotos:Gabriel Osternack Lima/Prefeitura Municipal de Palmeira