A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel)  confirmou na tarde de sexta-feira (26)  que a bandeira tarifária de fevereiro continuará verde. Dessa forma não haverá cobrança extra nas contas de luz. De acordo com o presidente da Aneel Romeu Rufino, o grande volume de chuvas de  dezembro e janeiro possibilitou a manutenção da bandeira verde, em função da melhora no nível dos reservatórios das hidrelétricas.

Em outubro e novembro de 2017, esteve em vigência a bandeira vermelha patamar 2, a mais alta prevista pela agência. No mês de outubro, o acréscimo foi de R$ 3,50 a cada 100 kilowatt/hora (kWh) consumidos no mês. Em novembro, o valor adicional, reajustado pela agência, passou para R$ 5,00 a cada 100 kWh.

Em dezembro, devido ao início do período de chuvas, a Aneel alterou a cobrança para a bandeira patamar 1, que teve  cobrança extra de R$ 3,00 a cada 100 kWh.