Com 25 anos de história, o Coral Vozes de Palmeira reúne apreciadores da música e coleciona várias apresentações, dentro e fora do município. São participações em eventos diretamente ligados à Prefeitura ou igrejas, entidades, entre outros.

Segundo o maestro Elias Eurich, que está a frente do coro há 8 anos, atualmente 20 pessoas fazem parte das atividades. Porém o número pode ser ampliado e qualquer pessoa pode participar. Além disso, não existe número mínimo de participante.  “No coro, por ter uma característica mais adulta, o ideal é que seja a partir dos 15 anos, mas sempre existem exceções. Por exemplo, no momento temos crianças que cantam com seus pais e tios”, explica o músico.

Para os interessados em participar do coral os ensaios acontecem todas as segundas-feiras, a partir das 19h30 até 22h, em sala da Secretaria de Esportes e Lazer, no Ginásio de Esportes Central, entrada pela Rua Coronel Vida. “A única exigência é que as pessoas tenham compromisso com os ensaios e com o grupo. Todos podem cantar, até aqueles que se acham um pouco desafinados, porque fazemos também um trabalho de técnica vocal, onde trabalhamos bastante esta questão de ritmo, afinação e entoação vocal”, ressalta o maestro.

Sobre a importância do coral e da música, Eurich comenta que as atividades contribuem para o crescimento do indivíduo.  “O coro é um momento e espaço importante que Palmeira está disponibilizando. Hoje ao fazer cultura ou fazer coral, algumas pessoas acham que é um pouco distante da realidade, mas não é. Trata-se de algo próprio do ser humano;a questão de cantar, cantar em vozes. Então ter esse momento não é só um momento de lazer, mas também um momento de crescimento intelectual”, finaliza o músico.