Os Correios contam com 108 mil funcionários, sendo 6,5 mil somente no Paraná. De acordo com o Sindicato dos Trabalhadores dos Correios do Paraná (SINTCOM-PR), a adesão no estado é de 70%. Os Correios informaram ontem (20) que a mobilização não afeta os serviços e que todas as agências estão abertas ao público.

Segundo a Federação Nacional dos Trabalhadores em Empresas de Correios e Telégrafos e Similares (Fentect), foram mais de 50 dias de negociação, sem sucesso.

Entre os motivos da greve, estão o fechamento de agências, pressão para adesão ao plano de demissão voluntária, ameaça de demissão motivada com alegação da crise, ameaça de privatização, corte de investimentos em todo o país, falta de concurso público, redução no número de funcionários, além de mudanças no plano de saúde e suspensão das férias para todos os trabalhadores, exceto para aqueles que já estão com férias vencidas.

Palmeira

Segundo informações de Felipe Vieira, diretor do Sintcom-PR da região de Ponta Grossa, a agência abriu normalmente nesta quinta-feira (21) às 9 horas. Porém trabalha com número reduzido de atendentes e os serviços de entrega de encomendas e correspondências também estão comprometidos.