Huhtamaki arrecada mais de 10 mil livros para o projeto Pegaí Leitura Grátis

Huhtamaki arrecada mais de 10 mil livros para o projeto Pegaí Leitura Grátis

Publicado em: 28 abr, 2020 às 19:36

A Huhtamaki do Brasil Ltda é uma multinacional finlandesa que está sediada em Palmeira há mais de 20 anos, produzindo embalagens para ovos e frutas a partir de papéis reciclados.

Rute Mika, que é Coordenadora de Compras, explica que são processadas em torno de 2.000 toneladas de papel reciclado todo mês. “Sempre acabava vendo livros em meio às aparas de papel e vi aí uma oportunidade nascendo, pois estes livros poderiam de alguma forma chegar até os leitores”, comenta Rute. Foi neste momento que juntamente com a colega Paula Freitas foram em busca de um projeto que se encaixasse neste anseio. Ao realizar uma procura, acabaram encontrando na região o Pegaí Leitura Grátis, que foi idealizado e é coordenado pelo professor universitário Idomar Augusto Cerutti.
Segundo Idomar, o Pegaí Leitura Grátis foi iniciado há 6 anos e após uma longa caminhada, atualmente está presente em 15 municípios do Estado, com 67 estantes e 184 pontos de coleta. A equipe do Pegaí também fez uma parceria para restauração dos livros, pois alguns destes precisam de algum cuidado para poderem passar pelas mãos dos leitores. Foi assim que o Pegaí Leitura Grátis montou, em parceria com a Penitenciária Estadual de Ponta Grossa, um Hospital de Livros, para que quando necessário se faça a restauração e preparando-os para leitura.
Depois de verificada a viabilidade, discutidas as necessidades e próximos passos, a Huhtamaki do Brasil e o Pegaí Leitura Grátis iniciaram uma parceria. Paula e Rute fizeram um treinamento com o pessoal do Instituto, de maneira a preparar-se para se tornarem voluntárias, despertando também o interesse em novos voluntários. Após esta fase, foi dado o pontapé inicial para que diversos contatos fossem feitos com fornecedores de reciclados e livros pudessem ser separados. “Estes livros em algum momento não eram necessários, e acabaram indo parar no lixo reciclável, mas agora com esta separação, irão encontrar leitores, que poderão adquirir cultura e conhecimento”, ressalta Rute. Além desta parceria feita entre a Huhtamaki e os recicladores, existe a coleta com o qual o projeto se originou, por meio das divulgações nos locais de captação, onde as pessoas deixam o seu livro que não está mais em uso, disponibilizando-o assim para um futuro leitor interessado.
Balanço do programa
Desde o primeiro contato em julho de 2019, os fornecedores de papel reciclado de diversas regiões do país, inclusive a empresa LS Reciclagem de Palmeira, já separaram mais de 10.000 livros que foram segregados e doados ao Pegaí. Os livros sempre são enviados separadamente para a Huhtamaki, sem custo adicional, mas não para por aí, porque todo o processo desde a coleta, restauração, disponibilização, leitura e devolução, é todo sem custo para o leitor e para a empresa, sendo feito por voluntários que disponibilizam os livros, fazem seu acompanhamento, monitoram e acima de tudo, auxiliam no grande sonho de aproximar livros sem leitores de leitores sem livros, que é a missão do Pegaí Leitura Grátis. O próximo passo é a instalação de duas novas estantes na cidade de Palmeira. “Assim que passar esse período conturbado da pandemia do Corona vírus serão disponibilizadas duas estantes na cidade de Palmeira, para que dessa forma mais leitores tenham acesso ao Pegaí Leitura Grátis”, enfatiza Rute.

Fotos: Idomar Cerutti.

Publicidade

Farmácia Santo Antonio