Pais e responsáveis de crianças que completam 4 anos até dia 31 de março de 2019 e ainda não fizeram o cadastrado para Educação Infantil devem procurar a Secretaria de Educação até o dia 9 de novembro. O prazo foi prorrogado, pois segundo Elisama Nogueira, coordenadora de administração escolar do município, mais de 100 crianças não estão com o cadastro realizado. Além disso, as informações para contato com estes pais e responsáveis estão desatualizadas.

A necessidade de urgência se explica porque a Secretaria de Educação já está na distribuição das turmas para o ano que vem. Os nomes de pais e responsáveis que não procurarem a secretaria serão encaminhados ao Conselho Tutelar do munícipio para as medidas cabíveis.

Documentos necessários

Segundo a coordenadora, os documentos necessários para realização do cadastro são:Cópia de certidão de nascimento da criança, comprovante de endereço, comprovante de trabalho dos pais com o valor da renda e caso a família pague aluguel, comprovante de pagamento de aluguel ou financiamento imobiliário.

A Educação Infantil compreende crianças de 4 meses a 5 anos. No entanto, para crianças de 4 a 5 anos de idade, do Pré I e Pré II, o ensino é obrigatório. Para as demais idades, há uma lista de espera  contínua disponível no site da Prefeitura Municipal. As vagas são limitadas, assim quanto menor for a criança, menor é o número permitido por sala. Essa orientação segue a determinação do Conselho Estadual de Educação e uma resolução da Secretaria do Estado da Saúde. “Conforme a determinação do Conselho Estadual de Educação o número limite é por professor. Assim para turmas de 0 a 1 ano, são até 6 alunos por professor, como trabalhamos com dois professores, então são 12 crianças e assim por diante.  Já a resolução da Secretaria de Saúde é por metro quadrado.”, explicou Elisama

A coordenadora de administração escolar adiantou que para 2019 haverá uma mudança com turmas para as crianças menores. “Por causa do corte etário, no período creche I eu tinha crianças de 4 meses a quase 2 anos, então para professora trabalhar, questão de cuidado e tudo mais, era complicado porque tinha criança que estava desfraldando e outras que não estavam nem engatinhando. Assim para o próximo ano teremos o primeiro berçário com crianças até 1 ano em 31 de março e creche I para os maiores de um ano. Só vamos poder oferecer essas turmas nos CMEIs novos, que são Alderico Viante, Rubens Borcoski e Sebastião Sanson”, especificou Elisama. Os CMEIs Cristo Rei e Recanto dos Pequeninos oferecerão turmas para maiores de 1 ano de idade. Para mais informações as pessoas podem entrar em contato com a Secretaria de Educação através do 3909-5065.

Foto:Elder Scolimoski