“Precisamos comemorar o bicentenário de Palmeira em grande estilo. Para isso precisamos de uma bebida que represente a altura a data. E nada melhor pra isso, que seja com uma cerveja fabricada no município por mestres cervejeiros que são referência”, foi com esse propósito que o secretário municipal de Cultura e Turismo, Waldir Santos Joanassi Filho, reuniu-se com os empresários da região e lançou o desafio no último dia 13.

Já que Palmeira possui dois empreendimentos referência na produção de cervejas artesanais, sendo elas a Usina Malte, coordenada pelos amigos e empresários, Ferdinando Schmeider e Aldecir Isbrecht, da Colônia de Witmarsum;e o experiente Eraldo Guilunge, da Cervejaria Natbier, foram convidados a participar do desafio proposto pelo secretário. “Nossa proposta é justamente valorizar os produtos fabricados em nosso município, agregando características especificas de Palmeira”, explicou Waldir.

Ao longo do encontro, que aconteceu nas instalações da cervejaria Usina Malte, os três mestres demonstraram grande interesse e satisfação em explorar as riquezas do município, e segundo ele pretendem destinar sua criatividade em elaborar uma cerveja única para o evento.

Segundo eles, adiantando o que deve vir de resultado, os mestres pretendem usar produtos da região de Palmeira, sendo a cevada, trigo ou até mesmo inserindo o fruto típico da Palmeira, o jerivá. “Lançamos nossa proposta e objetivo, agora fica nas boas mãos deles para explorarem o que Palmeira tem de melhor. Assim como eles comentaram e sugeriram, pode ser que venha a ter até mesmo uma cerveja utilizando o jerivá. Será?”, indagou o secretário, ao fim da conversa.

O resultado deve ser apresentado no pré-evento que acontece no mês de novembro. Assim como a programação completa do bicentenário.

Texto e fotos:Daymon Grocheviski.