No verão a atenção deve ser redobrada para evitar casos de afogamento

No verão a atenção deve ser redobrada para evitar casos de afogamento

Publicado em: 28 dez, 2019 às 11:19

Durante o verão com a quantidade de banhistas em praias, rios, cachoeiras e piscinas, aumentam também o risco de afogamentos, assim alguns cuidados são essenciais.
É fundamentar estar atendo às placas de sinalização do Corpo de Bombeiros nos locais de maior perigo e entrar na água apenas nos pontos mais seguros.
No mar e rios não ultrapasse a linha da cintura para não ser surpreendido por depressões no solo, ondas e correntes inesperadas.
Em caso de perigo, a recomendação é tentar manter a calma e não nadar contra a correnteza. Além de sinalizar com os braços para pedir ajuda e tentar boiar.
Não se deve mergulhar de cabeça em depósitos naturais de água. O choque pode provocar desmaios e traumas e assim consequências para a coluna cervical.
Também não é recomendado entrar na água se estiver alcoolizado. O uso de bebidas alcoólicas tira o senso de perigo e expõe a pessoa a riscos desnecessários.
E procure sempre mergulhar sempre na companhia de outras pessoas que possam auxiliá-lo quando precis

Publicidade

Farmácia Santo Antonio