Campanha de vacinação contra aftosa será última no Paraná

Campanha de vacinação contra aftosa será última no Paraná

Publicado em: 6 maio, 2019 às 16:40

Paraná  recebeu a retirada da vacina contra febre aftosa, assim, a campanha de imunização contra doença que iniciou no dia 1° será a última.
Rafael Sousa Bernabé veterinário da Agência de Defesa Agropecuária no Paraná (ADAPAR) em Palmeira  participou do Noticiário P7 da Ipiranga FM desta segunda-feira para comentar  os reflexos desta conquista. “Paraná conseguiu esse grande status de retirada da vacina, de ser livre sem a vacinação assim como Santa Catarina. Quero ressaltar aqui o trabalho da Agência de Defesa Agropecuária (ADAPAR) para conseguir esse novo status”, disse o veterinário.
Ele também destacou o avanço para a questão comercial. Isso porque conforme explicou Bernabé, com a retirada da vacinação o Paraná terá acesso aos grandes mercados internacionais. O veterinário acredita que o retorno será imediato, uma vez que os demais países já estarão comprando a carne de produtores paranaenses. “A expectativa é muito grande, esse trabalho foi bem árduo por essa expectativa de ganho financeiro para o Estado e para os produtores obviamente”, ressaltou Bernabé.
A vacina contra aftosa segue até dia 31 de maio para bovinos com até dois anos de idade. As vacinas para esta campanha já estão disponíveis no mercado em fracos de 15 e 50 doses, com uma novidade: a dose, que era de 5 mililitros (ml), reduziu para 2 ml, independente de peso e tamanho do animal.
Durante a entrevista Bernabé lembrou que pecuaristas que não possuem animais em idade de se vacinar devem ir ao escritório da ADAPAR para fazer a atualização do rebanho.
Com o reconhecimento da Organização Mundial de Saúde Animal, a fiscalização deverá ser intensificada nas barreiras de divisa com outros estados e países. Por isso, a colaboração dos produtores torna-se essencial. “Peço que tenham a responsabilidade de vacinar o rebanho porque esse status foi difícil de conseguir e vai ser difícil manter, porque a partir do momento que você retira uma proteção do animal nosso órgão de defesa terá que fazer uma vigilância”, salientou o veterinário.
A multa em caso de não vacinação é de R$ 103,00 por cabeça no rebanho. O escritório da ADAPAR está localizado na Rua XV de Novembro 137, Centro. Telefone para contato é o 3252- 3893.

Foto: Bruna Camargo

Publicidade

Farmácia Santo Antonio