O prefeito Edir Havechaki assinou na manhã desta sexta-feira (21), durante a reunião ordinária mensal dos prefeitos da Associação dos Municípios dos Campos Gerais (AMCG), a autorização para abertura do processo licitatório da obra de reforma do Cine Teatro Municipal. O investimento será de R$ 1,5 milhão, através de financiamento junto ao Governo do Estado.

A reforma terá início após realização da licitação e a definição da empresa. O trâmite até o início da obra deve demorar entre um e dois meses e a conclusão de toda a reforma está prevista para 2019.

Ao falar sobre o estado atual do Cine Teatro Municipal, Havrechaki relatou que “é muito triste entrar naquele espaço e perceber que o mesmo ficou desta maneira. Há três anos infelizmente tivemos que interditá-lo e agora, com muita alegria, vamos devolver o Cine Teatro totalmente reformado para a comunidade palmeirense”.

Já o secretário municipal de Cultura, Patrimônio Histórico, Turismo e Relações Públicas, Waldir Joanassi Filho, destacou a importância da obra para Palmeira e o desenvolvimento cultural do município. “A obra se faz necessária para devolver a comunidade palmeirense importante espaço cultural.  Sem dúvida, o primeiro papel exercido por um espaço cultural para o desenvolvimento do povo de uma cidade é a inclusão social desse povo na cadeia produtiva da cultura, oferecendo condições para que todos, especialmente aqueles excluídos do consumo das artes, tenham acesso à inventividade artística das diversas manifestações culturais”, disse.

Cine Teatro Municipal e Prefeitura

Antes da instalação do prédio da Prefeitura Municipal e do Cine Teatro, o local foi residência do Barão do Tibagi e da Viscondessa Querubina Rosa Marcondes de Sá. A área foi inaugurada no dia 7 de abril de 1951, por iniciativa do então prefeito Benjamin Malucelli.

Mais tarde, dois aparelhos de projeção foram doados à Prefeitura pelo Governo do Estado. Durante meio século de existência o Cine Teatro recebeu apenas uma modificação:com a chegada do Cinema Novo, a tela onde eram projetados os filmes teve que ser transformada, pois as películas não eram mais retangulares. Depois disso, nenhuma restauração foi realizada, até o ano de 2001. Nesta data ele foi reinaugurado no dia 7 de abril de 2001, reconstituindo suas características originais.

Um dos aspectos que chamam a atenção do Cine Teatro é a sua estrutura, um dos raros exemplares desta espécie no Estado, tanto por suas características arquitetônicas, como pela sua estrutura com capacidade para aproximadamente 500 lugares.

Foto:Gabriel Osternack Lima/Prefeitura Municipal de Palmeira