Santa Casa emite nota de desagravo

Santa Casa emite nota de desagravo

Publicado em: 29 abr, 2019 às 16:18

A atual diretoria do Hospital Santa Casa de Palmeira encaminhou  para Rádio Ipiranga na tarde desta segunda-feira (29) uma nota de desagravo com intuito de esclarecer à população palmeirense.
No documento, ao fazer uma retrospectiva da história do hospital, a direção destaca as ações realizadas em prol da permanência da instituição e o motivou a convocação de novas eleições para  substituição total de sua direção.

Acompanhe a nota de esclarecimento na íntegra:

“Em respeito, a população palmeirense, a direção da Santa Casa vem a público  fazer alguns comentários face aos últimos acontecimentos.
O Hospital foi fundado a 81 anos, por um grupo de voluntários  que bravamente criaram a estrutura para atendimento aos palmeirenses. Após longa data nosso Hospital foi ampliado com ala de maternidade e centro cirúrgico e após essa reforma, o Hospital estagnou e suas instalações começaram a se deteriorar.
A oito anos atrás, mais precisamente no mês de fevereiro de 2011, esta diretoria assumiu pois vendo que o imóvel e os equipamentos do Hospital precisavam de conservação e reformas, além da grave crise financeira que poderia significar o fechamento do mesmo. Com um rápido levantamento, verificou-se que a Santa Casa tinha débitos tributários, especialmente INSS e FGTS, além de que, havia perdido a condição de entidade filantrópica junto ao Ministério da Saúde e Assistência Social. Haviam pois débitos tributários, trabalhistas e até pagamentos atrasados de medicamentos e alimentação, bem como a própria manutenção  do Hospital ( água, luz, telefone).
Foram então tomadas pela nova Diretoria, medidas emergenciais para  amenizar estes problemas. Foram realizadas rifas, promoções, bazares, contando sempre com a ajuda da comunidade e instituições privadas para arrecadar ajuda financeira.
Além disso, com prioridade que o caso exigia, foram retomadas as ações visando a retomar a condição de filantropia da entidade, salientando que ela é de suma importância, quando do relacionamento com as entidades públicas , facilitando a busca e a transferência de recursos públicos para a prestação de serviços de saúde no município. A filantropia é a essência do Hospital, que presta assistência aos mais necessitados, sem  qualquer cobrança de valores, e não remunerando, de qualquer forma, sua Diretoria, sendo que os recursos arrecadados revertem imediatamente à prestação de seus serviços.
Com o passar do tempo, a Diretoria se mobilizou e, juntamente com a sociedade, realizou a reforma de várias alas que estavam desativadas e também a reforma dos apartamentos da maternidade que receberam equipamentos de qualidade e tecnologia para maior conforto aos pacientes. É de se salientar que todas essas obras e reformas foram feitas sem nenhum ônus para o Hospital, efetuadas com 100% de doações da comunidade.
Novamente em 2014, o Hospital viu-se diante de nova dificuldade, posto que para a manutenção do seu atendimento, necessitava, conforme exigência das autoridades de saúde, de médico plantonista 24 horas. Somente por seus recursos próprios a entidade não conseguiria se manter, ocasião em que o Município de Palmeira, entendendo a situação e a importância do Hospital para a cidade, através de contratos específicos de parceria, devidamente legitimados por autorização via Lei municipal, transferiu o Pronto Atendimento para uma das alas da Santa Casa. Esta atitude, além de comodidade aos pacientes, devido a proximidade com Laboratórios, consultórios, exames de raio-x e ultrassonografia, facilitou ainda os internamentos e as transferências para outros hospitais quando necessário.
Esta parceria, aliada a outros convênios e contratos com  o Estado e a União, além de  alguns atendimentos particulares, viabilizou a continuidade do atendimento à população. Temos consciência que o serviço prestado muitas vezes está aquém do necessário. Porém, ressaltamos que a Santa Casa e todos os que nela trabalham, não medem esforços para que o atendimento esteja sempre acima da média, o que pode ser atestado pela grande maioria dos pacientes que por lá passam.
Como é sabido por todos, já que o tema “Saúde Pública” é recorrente em nossos noticiários, faltam recursos necessários para que o atendimento seja otimizado. Muitas vezes o recurso está disponível para a construção de um novo prédio ou a compra de um equipamento. Porém, para que o atendimento seja realizado, não basta a existência do prédio e do equipamento. São necessárias pessoas capacitadas para o trabalho, que em sua grande maioria, tem que ser remuneradas pela entidade, que encontra grandes dificuldades para a arrecadação de recursos necessários para fazer frente a essa despesa.
Assim, apesar dos percalços, como já dito,  a Santa Casa, através de sua Diretoria e  colaboradores,  vem encontrando diariamente problemas para a manutenção dos seus serviços, que são com coragem e determinação, enfrentados e superados.
Surpreendidos fomos recentemente com noticias na rede social, de pessoas, dizendo:  “ Santa Casa pare de safadeza…, bando de safados… Tráfico de influencia é crime, isso mata pessoas e crianças inocentes”. Ainda mais, a afirmação  “indignação em relação aos literalmente tortura e assassinatos que acontecem no hospital, falo isso e posso provar.”
Tais afirmações levaram à Câmara Municipal de Palmeira a instaurar Comissão Especial de Investigação para apurar fatos tão graves que foram denunciados.
De parte da Diretoria e dos colaboradores que nela trabalham, resta a mais serena e tranqüila consciência do bom serviço prestado aos cidadãos e cidadãs que lá são atendidos. Temos absoluta certeza de que a Santa Casa é uma instituição que sempre, em toda a sua história, foi um local que batalhou incessantemente em prol da vida e da saúde de todos que lá passaram. Infelizmente, nessa batalha muitas vezes somos derrotados. Porém isto faz parte da vida de todos os seres humanos, que tem sua  passagem neste mundo regida por um Ser Supremo, que piamente acreditamos existir e que dá o destino às nossas existências.
As afirmações feitas em rede social, irresponsáveis a nosso ver, abalaram firmemente a credibilidade da Instituição e dos seus Diretores, que viram-se, de forma definitiva, ligados à acusação de prática de crimes graves,  que são frontalmente contrários a nossa finalidade estatutária.
Os médicos que vinham prestando seus serviços até essa oportunidade pediram o desligamento dos serviços; designado outro, este permaneceu por poucos dias exercendo sua função, também declinando da prestação de seus serviços.
Desta forma, viu-se a Direção da Santa Casa sem a possibilidade de manutenção de seus serviços, por absoluta falta de profissionais para desenvolvê-lo.
Além disso, apesar da excelente parceria existente entre a Santa Casa e o Poder Público, os recursos por ele repassados hoje, são insuficientes para a continuidade dos serviços, num padrão minimamente aceitável.
Por estas razões, e por muitas outras ocorridas, restou  a atual Direção, por vontade própria e por estas acusações infundadas, marcar nova eleição para sua total substituição.
Rogamos ao Grande Arquiteto do Universo que ilumine novos corações para a empreitada e que os abençoe, de forma especial para que assumam a condução dos trabalhos e os façam de forma muito melhor do que agora tem sido feito.
Em nome de toda a Diretoria, agradecemos a todos,  que, de uma forma ou de outra, confiaram na nossa intenção como dirigentes da entidade, e colaboraram com a manutenção de nosso Hospital, doando um pouco do seu dinheiro, tempo e trabalho.
Sabemos que Deus, em sua infinita bondade, por certo, recompensará a todos.
Nosso muito obrigado!!!

 

Publicidade

Farmácia Santo Antonio