Na última semana, profissionais da Secretaria de Saúde participaram de uma webconferência sobre intensificação da vacina contra HPV e meningite para adolescentes.  De acordo com Jean Carlo das Almas, enfermeiro da Vigilância Epidemiológica do município, a procura para vacinação contra HPV e meningite ainda está baixa.

Sobre a meningite, o enfermeiro informou que o Ministério da Saúde disponibilizou a vacinação contra a doença para adolescentes de 11 a 14 anos. “Muitas vezes, os adolescentes podem ser portadores da sintomáticos, a meningite e como ela não apresenta sintomas, podem estar passando essa bactéria que causa meningite para crianças menores”, explicou o profissional da saúde. A vacinação é oferecida para adolescentes de 11 a 14 anos.

Em relação ao HPV, trata-se de um vírus que atinge a pele e as mucosas, podendo causar verrugas ou lesões percursoras de câncer, como o câncer de colo de útero, garganta ou ânus. A vacinação contra HPV se destina para meninas de 9 a 14 anos e meninos de 11 a 14 anos.

O enfermeiro recomenda que os pais e responsáveis aproveitem o período de férias para que seja feita a atualização vacinal dos adolescentes. “Agora a gente já vai entrar em mês de férias escolares então solicito que os pais possam estar trazendo os seus filhos para se vacinarem”, conclui das Almas.

Foto:Elder Scolimoski