Campanhas de multivacinação, contra a pólio e sarampo são realizadas

Campanhas de multivacinação, contra a pólio e sarampo são realizadas

Publicado em: 1 out, 2020 às 15:48

A campanha de Vacinação Contra Influenza encerrou nesta quarta-feira (30). De acordo com dados do Setor de Imunização do município foram 15.757 pessoas vacinadas no total, sendo de grupos prioritários e demais grupos.
Segundo informações da enfermeira Conceição Rocha  Büge, os únicos grupos em que não teve a cobertura atingida foram de professores e gestantes. Ela acredita que é porque o número total destes públicos está superestimado
A profissional da saúde também contou que 152 doses ficaram pendentes da segunda dose das crianças de 0 a 5 anos da Influenza.
Conceição explicou que três campanhas estão sendo realizadas simultaneamente no município.  Poliomielite direcionada para crianças de 1 a 4 anos 11 meses e 29 dias. “Todas essas crianças devem receber a vacina poli oral, a famosa ‘gotinha’ indiscriminadamente, não interessa se já tomou todas as doses da outra pólio; tem que tomar a gotinha nesse período. É uma preocupação do Governo Federal com relação a preservar as crianças de possível contágio de poliomielite”, disse ela.
O Dia D está previsto para acontecer no dia 17 de outubro. “Vamos abrir cinco unidades, na cidade será a Unidade Central, Vila Rosa e Colônia Francesa que vão funcionar de 8h30 as 16h30. Então todo mundo que quiser atualizar sua carteirinha e as crianças de 1 a 4 anos 11 meses e 29 dias podem comparecer para receber a gotinha. No interior vamos abrir Queimadas e Faxinal das 9h às 16h30 com o mesmo objetivo”, contou a enfermeira.
Também está sendo desenvolvida a Campanha de Multivacinação para pessoas de 0 a 14 anos 11 meses e 29 dias. “Queremos verificar as carteiras de vacinação para ver se falta alguma vacina e, portanto deixar o calendário vacinal em dia” pontuou Conceição.
E continua em vigência a Campanha de Vacinação contra Sarampo. A enfermeira contou que a prioridade é para pessoas de 20 a 49 anos. “Estamos nesta campanha desde o ano passado, mas as coberturas continuam baixas no Brasil, então o Ministério da Saúde foi estendendo a campanha e a última informação que nós temos é que ela vai até o dia 13 de novembro. Lembrando que as pessoas de 20 a 29 anos tem que ter além das duas doses que possuem na carteirinha, tem que ter mais uma dose, não interessa quantas doses tem. A campanha recomenda que se faça mais uma dose nesta faixa etária”, disse ela.
A enfermeira lembrou a importância da vacinação que é gratuita e previne doenças. Outro ponto destacado por ela são as medidas de prevenção à Covid-19 que estão sendo tomadas. “Vamos respeitar o espaçamento, as equipes já estão orientadas. Todo mundo de máscara, não será permitida a entrada na unidade se as pessoas estiverem sem máscara, é permitido um acompanhante só na sala de vacina. Aqui na Unidade Central como temos um maior volume de comparecimento, vamos separar para ser mais ágil, gotinha vai para uma sala, se tiver vacina injetável vai para outra, justamente para não ter aglomeração”, destacou Conceição.
Outra informação repassada por ela foi de que pais e responsáveis podem aproveitar este período de campanha para retirar a Declaração de Vacinação que será necessário para matrícula escolar do próximo ano letivo. “Tivemos autorização da 3ª Regional e da Sesa Paraná para já fornecermos a Declaração de Vacinação porque aí a pessoa não precisa voltar lá em dezembro quando for época das matrículas”, explicou a profissional.
Além disso, Conceição também pontuou que 15 unidades estão com atendimento para atualização vacinal dos munícipes em geral.

Foto: Agência Estadual de Notícias
Texto: Bruna Camargo

Publicidade

Farmácia Santo Antonio